top of page

Siga-nos nas redes sociais e fique por dentro de todas as notícias do setor supermercadista:

Instagram - Facebook - YouTube - Linkedin - Google News

Como o setor supermercadista se adapta às mudanças e se prepara para um ano com menos feriados

venda pães supermercado

O setor supermercadista é um segmento do varejo que vende produtos alimentícios e de necessidade básica para o consumidor final. O setor é resiliente a crises econômicas, pois trabalha com bens essenciais e diversificados. No entanto, o setor também enfrenta desafios, como a adaptação às mudanças de demanda dos consumidores, a concorrência de outros formatos e canais de distribuição, e os efeitos das variáveis macroeconômicas, como emprego, inflação e confiança.


Para 2024, o setor supermercadista espera ter menos prejuízo para o comércio, devido à redução do número de feriados. Segundo a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), o calendário de 2024 terá apenas seis feriados nacionais em dias úteis, contra nove em 2023.


A CNC estima que isso represente uma perda de R$ 20,4 bilhões para o comércio, contra R$ 30,3 bilhões em 2023. Além disso, o setor supermercadista deve continuar investindo em projetos de expansão, aquisições, marcas próprias e inovação, buscando financiamento no mercado de capitais.


Custo com a mão de obra
caixa atendimento supermercado

O custo com mão de obra continua sendo o principal desafio para a abertura do comércio nos feriados, afetando principalmente setores que empregam um grande número de trabalhadores e oferecem salários mais altos. De acordo com um estudo da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), os segmentos de hiper e supermercados, que possuem grande contingente de funcionários, e o comércio automotivo, que paga salários mais elevados, representam 40% dos prejuízos previstos para o varejo no próximo ano devido ao funcionamento em feriados.


O economista Fabio Bentes, da CNC, alerta que os varejistas devem enfrentar custos ainda mais significativos ao abrir estabelecimentos em dias de feriado em 2024. Uma nova regra do Ministério do Trabalho, publicada em meados de novembro, estabelece que o trabalho aos domingos e feriados deve passar por negociações coletivas entre sindicatos e representantes patronais, podendo resultar em uma maior remuneração para os trabalhadores nessas ocasiões.


Feriados em 2024:
viagem

De acordo com o calendário oficial do governo federal, o ano de 2024 terá 9 feriados nacionais, sendo 5 deles em dias úteis e 4 em finais de semana.


Feriados nacionais em dias úteis:

1º de janeiro - Confraternização Universal (segunda-feira)

1º de maio - Dia do Trabalho (quarta-feira)

20 de novembro - Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra (quarta-feira)

25 de dezembro - Natal (quarta-feira)


Feriados nacionais em finais de semana:

10 a 13 de fevereiro - Carnaval (sexta-feira a terça-feira)

14 de fevereiro - Quarta-feira de Cinzas (quarta-feira)

29 de março - Sexta-feira Santa (sexta-feira)

31 de março - Páscoa (domingo)

21 de abril - Tiradentes (domingo)

7 de setembro - Independência do Brasil (sábado)

12 de outubro - Nossa Senhora Aparecida (sábado)

2 de novembro - Finados (sábado)


Além dos feriados nacionais, há também os pontos facultativos, que podem ser decretados pelos governos estaduais e municipais. Em 2024, os pontos facultativos são:

12 de fevereiro - Carnaval (segunda-feira)

13 de fevereiro - Carnaval (terça-feira)

30 de maio - Corpus Christi (quinta-feira)

Comments


Publicidade

Banner CTDE.jpg

FEIRA DE NEGÓCIOS PARA
SUPERMERCADISTAS
08 a 10 Abril 2025 - São Paulo

Venda Congresso.png
Congresso para Supermercados de Bairro
Venda Açougue.png
Workshop Açougue de Primeira
bottom of page