top of page
Logos embaixo Videowall Anuga 2024 - v4.png

Siga-nos nas redes sociais e fique por dentro de todas as notícias do setor supermercadista:

Instagram - Facebook - YouTube - Linkedin - Google News

5 fatores que impulsionarão as Marcas Próprias no varejo brasileiro em 2024

"(...) marca própria é uma agenda estratégica. É prioridade." Alguém duvida? Em seu novo artigo, Antônio Sá, Founding Partner at Amicci,, compartilhou os 5 fatores que impulsionarão o crescimento das marcas próprias no Brasil em 2024! Leia o artigo na íntegra.


Produtos da marca própria Simple Truth, do varejista europeu Kroger. Referência para o varejo brasileiro.
Produtos da marca própria Simple Truth, do varejista europeu Kroger. Referência para o varejo brasileiro.

Haverá sinais. (risos)


Para conseguirmos ter uma boa ideia para onde o mercado vai, como se comportará e, portanto, no que podemos apostar como consequência, é importante fazer uma correta leitura do mercado, observando os sinais que impactam na dinâmica desse setor.


Vamos conhecer os fatores que impulsionarão as marcas próprias varejistas em 2024. Esses são os “sinais”:


Maior nível de qualificação das indústrias

A promessa de muita qualidade nos produtos ofertados é o ponto mais sensível para garantir uma marca relevante no mercado, e isso não é diferente para as marcas próprias.

Acompanhamos um aumento substancial no controle dos produtos fabricados por parte das indústrias. Para ter uma exata noção do avanço, nos últimos 3 anos, cerca de 200 indústrias brasileiras, apenas da área de alimentos, atingiram o nível de certificação da IFS (International Featured Standards) – o IFS Food, que é uma evidência irrefutável da evolução de qualidade do nosso parque fabril.


Crescente confiança do consumidor

Semelhante ao que aconteceu na Europa décadas atrás, o consumidor brasileiro passou a ter maior confiança nos produtos oferecidos e já reconhece marcas em drogarias e supermercados.

Entende que essas marcas possuem muito valor e que são a melhor alternativa (custo-benefício). Ficou no passado a ideia de que essas marcas representavam produtos de qualidade duvidosa. Some-se a isso a situação de mercado em que o consumidor está mais endividado e que perdeu o poder de consumo com a inflação, aprendeu a fazer escolhas mais inteligentes.


Mais indústrias decidiram terceirizar a produção

A cada dia, uma ou mais indústrias decidem começar a produzir a marca para terceiros, ou seja, as marcas próprias de varejistas e distribuidores. Esse número é palpável porque aqui na Amicci, que lançou em 2023 mais dois mil produtos no mercado para seus clientes, tivemos mais de 100 novas indústrias que participaram desses lançamentos.


Ou seja, mais de 100 novas indústrias que se conectaram na nossa plataforma e hoje são ótimas novas opções para desenvolver os produtos para mais de uma centena de varejistas e distribuidores do país.


É interessante notar a presença de indústrias que antes apenas desenvolviam produtos para o mercado de food service ou que terceirizavam apenas para outras indústrias.


Antônio Sá - Founding Partner at Amicci
Antônio Sá - Founding Partner at Amicci
Nova mentalidade da liderança varejista

Determinados a reduzir a dependência das indústrias gigantes e aumentar a rentabilidade, e ainda com o desafio de enfrentar a crescente concorrência dos atacarejos, empresários e executivos do varejo, cada vez mais, veem as marcas próprias com o mesmo olhar estratégico que os varejistas europeus e americanos.


Sabem que é uma construção de longo prazo e que trará diferenciais para o negócio, além dos ganhos de margem e, sobretudo, fidelização de clientes que só encontrarão esses produtos em suas redes. Ou seja, hoje marca própria é uma agenda estratégica. É prioridade.


Novos players atuando no mercado

Vimos os maiores varejistas do setor alimentar e os grandes de confecção avançarem no mercado nas últimas 3 décadas. Hoje, distribuidores, varejistas médios, grandes, dos mais diversos setores, como o farma, alimentar e material de construção, estão determinados a desenvolverem suas próprias marcas e aproveitar os benefícios para seus negócios.


Estão convictos que ter marcas relevantes, rentáveis e com diferenciais, não é uma exclusividade dos gigantes. Em 2023, os atacarejos se lançaram a essa estratégia, como o Grupo Koch e Novo Atacarejo .


Em material de construção, a rede Tintas MC Ltda entrou forte com sua marca.

Associações que agregam inúmeros varejistas evoluem forte, tornando cada associado muito mais competitivo. 2024 promete.


Que os sinais se fortaleçam!

Fonte:

Antônio Sá - Founding Partner at Amicci no Linkedin


Amicci - Maior ecossistema de desenvolvimento de produtos exclusivos, conectando marcas e fornecedores em um só lugar. Site: https://amicci.com.br/



Comments


FEIRA DE NEGÓCIOS PARA
SUPERMERCADISTAS
08 a 10 Abril 2025 - São Paulo

Venda Congresso.png
Congresso para Supermercados de Bairro
Venda Açougue.png
Workshop Açougue de Primeira
bottom of page